Carrinho de Compras - R$0,00

Nenhum produto no carrinho.

 
Bem vindo, você pode entrar ou criar uma conta.

Cuidados e Manutenção

"A vida útil de uma joia e semijoia, seja ela maciça, banhada ou folheada, é proporcional aos cuidados dispensados pelo proprietário da peça e características do próprio proprietário"

Com o decorrer do tempo joias em prata/cobre e até ouro sofrerão oxidação o que gera mudança de cores.

Isto não implica em baixa qualidade, é um processo químico natural e inevitável, inerente aos elementos metálicos.

Eles oxidam naturalmente quando em contato com o ar, com cloro (presente em inúmeros produtos de limpeza), com enxofre (exalados na pele de pessoas que consomem maionese, cebola, ovos e liberados pelos escapamentos de carros) e aceleram na presença de ácidos (inclusive ácido úrico exalado no suor que poderá estar em níveis elevados por questões de stress, consumo de álcool, excesso de peso, gravidez etc.).

Assim, é de se esperar que em cidades poluídas e pessoas que estejam com alto índice de ácido úrico (entre outros) no corpo, joias em prata apresentem uma oxidação rápida do metal.

Também no verão, a peça escurecerá mais rápido do que o normal seja pelo aumento da sudorese ou pelo próprio calor que pode acelerar a reação.

Pratas oxidadas podem apresentar as seguintes colorações: amarelo, cobre (marrom), preto e verde.

Para mais informações a respeito da química da oxidação da prata veja nossos links no fim da página. 

Produtos de "limpeza" para prata/metais são baseados em polimento por desgaste.

Quando a pessoa utiliza produtos ditos como limpadores/polidores de metais (Silvo, Kaol, Brass, etc) sem a real compreensão da natureza do que utiliza, muitas vezes se vê passando uma flanela/pano que apresenta manchas semelhantes ao aspecto de "sujeira" na peça, ou então, começa a notar que a peça antes prata, no caso de banhos, começa a chegar na camada de cobre interna ou, em peças maciças, começa a perder detalhes.

Esta "sujeira" ou camada sendo retirada pelo produto, visível ou não na flanela, é a própria prata sendo desgastada.

Se a peça é banhada ou folheada, o uso destes produtos não gerará apenas a retirada da camada oxidada, mas danificará a peça ao retirar o próprio banho!

Já em produtos maciços de prata e/ou ouro o uso de produtos abrasivos ao longo do tempo e a depender da frequência de limpeza, gerarão perda de alguns detalhes da peça.

Portanto, cuidado ao polir sua joia em excesso, o ideal é mantê-la limpa com uso de flanela seca ou flanela polidora especial para joias e, vez ou outra, levá-las a um ourives para que seja feito um polimento profissional. Estas flanelas polidoras para joias também são abrasivas, até mesma a que fornecemos a você cliente, mas como são próprias para joias, são menos agressivas que outros produtos.

Lembramos novamente, que no caso de banhos, mesmo as flanelas próprias para joias são contra indicadas. Joias em prata com partes banhadas devem ser cuidadas com especial atenção pois o banho pode sair se houver fricção excessiva.

Assim, vemos que as peças de metal, embora inevitavelmente venham a oxidar, podem apresentar uma duração maior se prestarmos atenção nas seguintes recomendações:

  1. Evite tomar banho com as peças ou enquanto aplica produtos de pele ou tinturas de cabelo de qualquer espécie;
  2. Não use acetona, pasta de dente, álcool, Veja e similares para limpar suas peças. Tampouco, as ferva em água com sabão, ovo etc. Na verdade, evite receitas caseiras em geral, pois estes poderão conter produtos químicos inadequados em sua composição ou poderão ser altamente abrasivos!
  3. Creme para as mãos, desodorante e perfume devem ser colocados minutos antes das joias e semijoias a fim de evitar maiores reações químicas com seus produtos voláteis.
  4. Sempre tire as joias ou semijoias quando for executar algum trabalho bruto, ou doméstico, onde as mesmas possam sofrer abrasão, queda, contato com produtos químicos e suor excessivo.
  5. Retire as peças antes de ir para a praia e piscina;
  6. Nunca usar Silvo, Brasso, Kaol e semelhantes;


Lembre-se:
A prata e o cobre oxidam naturalmente e a limpeza, conservação ou uso inadequado da peça poderão ocasionar perda da garantia.

Mas então.....e se você quiser tirar as manchas de uma peça em prata escurecida?

Embora não nos responsabilizemos pelas consequências, pois estas práticas dependem do manuseio do usuário, há duas alternativas:

A primeira, optar pelo emprego de um processo abrasivo leve com extremo cuidado, como uso de sabão de coco e flanelas macias, flanelas próprias como a que fornecemos no caso de joias, mas, como dito, sempre tenha em mente o alto risco de se danificar a peça com esta escolha, pois ela não está sendo recuperada, mas sim desgastada levemente.

A segunda alternativa envolve uma pequena experiência química caseira super simples com o procedimento e explicação disponíveis nos links abaixo:

Experimento

Fonte:
Sartori, E. R., Batista, É. F., Fatibello-Filho, O. Um experimento simples e de fácil execução envolvendo reações de oxidação-redução. Química Nova na Escola, 2008, 30:61-65.

Os seguintes links mostram basicamente o mesmo processo do experimento químico, mas com algumas informações a mais ou explicados de outro modo para você entender melhor.

Experimento II
Experimento III

Vale ressaltar que os artigos foram escritos por profissionais de Química e que, usando a imaginação e bom senso, o becker pode ser substituído por um refratário (como diz na experiência), o bico de Bunsen por lamparina ou fogo baixo (de fogão), a placa de amianto por chapa que é usada para aquecimento de alimentos  ;-)

Cuidados com pérolas e pedras

Pérolas são gemas orgânicas e, também escurecem e/ou perdem o brilho naturalmente, ficando por vezes com tons amarelados ou creme, mas seu escurecimento pode se intensificar a depender dos produtos que se coloca em contato com elas tais como cremes, perfumes e produtos de limpeza. Também, são extremamente fáceis de se riscar devido a sua baixa dureza comparada a outras gemas.

Assim elas também necessitam de cuidados:

  1. Nunca guardar pérolas em saquinhos plásticos (devido às reações químicas com componentes do plástico) e sempre separadamente de outras joias. Também, deve se evitar guardá-las por muito tempo em ambientes secos e fechados, pois a falta de umidade poderá gerar micro-fraturas em sua superfície.
  2. As pérolas não devem ser usadas em piscinas, praias ou ao banho e devem ser retiradas antes de se secar o cabelo. Nunca se sabe como os componentes químicos e poluentes presentes na água poderão reagir.
  3. Nunca se deve passar perfume, laquê ou cremes sobre pérolas.
  4. Se tiver contato com suor, antes de serem guardadas, devem ser limpas com uma flanela macia, limpa e levemente úmida. Nunca use produtos de limpeza ou produtos para metais.
  5. As peças de pérolas montadas em fios de seda, se usadas com frequência, devem ser reenfiadas anualmente ou bienalmente. Para se evitar alargamento prematuro dos fios, guarde a peça horizontalmente e não pendurada.

 Já as pedras são delicadas e obedecem uma escala de dureza, media pela facilidade de um componente riscar o outro, portanto, tenha cuidado com atritos e batidas, pois ela poderá entrar em contato com um material que poderá riscar sua pedra.

Por fim, joias com cravações devem ser levadas a um ourives anualmente ou a depender da quantidade de seu uso, para verificação das garras do metal a fim de que as pedras permaneçam em sua caixa adequadamente.

Banho de ródio

Ródio é um metal que faz parte da família da platina. 

Pelo fato de o Ródio não ser um metal muito abundante, o processo de aplicação do banho de ródio em jóias encarece um pouco o custo da joia.

O banho de ródio é muito usado para dar acabamentos às jóias e pode ser aplicado a metais, o ouro, a prata, ou alguns de outras ligas, dar-lhe uma superfície branca brilhante como a platina.

O banho de ródio fornece uma camada de proteção à prata e jóias de ouro branco. Tal revestimento serve para ajudar a prevenir o aparecimento de manchas e arranhões nas jóias. Um revestimento de ródio, no entanto, não é insensível aos efeitos do desgaste diário e ao materiais abrasivos.

Se o desgaste não ocorrer, a maioria das jóias podem ser re-revestidas com ródio por um profissional especializado.

Para limitar o desgaste, deve-se evitar o uso das jóias com banho de ródio quando se faz atividades de limpeza doméstica, jardinagem e outras atividades que pode destruir rapidamente o ródio. Quando gasta a camada de ródio o metal original fica exposto e deve-se refazer o banho.


*ReginaHarit dá o recado: fazemos o serviço de renovação em colares e pulseiras de pérolas com fio de seda, nós entre as perolas e acabamento de joalheria. 

 

* Termos devidamente registrados no Registro de Títulos e Documentos da Comarca de Cotia sob o número 86490

* Cópias de nossos termos somente sob expressa autorização.

 

 

 

Regina Harit

Seu presente, sua história®